sexta-feira, 18 de março de 2011

Papa medita sobre santos que foram colunas da Igreja

O quinto dia de exercícios espirituais da Quaresma no Vaticano tem em seu programa central a meditação daqueles que são considerados colunas do cristianismo: São Tomás de Aquino, Santa Catarina de Siena e Joana D'Arc.

O Papa Bento XVI e a Cúria Romana refletem primeiramente, nesta quinta-feira, 17, sobre os pensamentos de São Tomás de Aquino, “doutor da ciência da fé e da teologia da luz”, explica o Secretário Prelado da Pontifícia Academia de Teologia, padre François-Marie Léthel.

A segunda reflexão é dedicada à Santa Caterina de Sena, “doutora do Corpo e Sangue de Cristo”, que se empenhou na reforma daquela que com amor definia como “Doce Esposa”, a Igreja. Com esta santa importante da história da Igreja aprendemos, segundo Bento XVI, a “ciência mais sublime: conhecer e amar Jesus Cristo e sua Igreja”.

“A paixão de Santa Joana D'Arc na Igreja Sancta simul et semper purificanda (Lumen Gentium, n.8)” é o título da terceira meditação desta quinta-feira.

Leia catequeses do Papa sobre São Tomás de Aquino, Santa Catarina de Siena e Joana D'Arc

.: Amizade é característica dos santos, ensina Bento XVI
.: Fé e razão são plenamente compatíveis, defende Bento XVI
.: Bento XVI pede frequente "cara a cara" com Santíssimo Sacramento
.: Papa explica que Cristo é centro de toda espiritualidade verdadeira
.: Joana D'Arc é exemplo de santidade na política, destaca Bento XVI

Fonte: Canção Nova
Postado por Jessé Santos - PASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário