sexta-feira, 8 de abril de 2011

Vicariatos Recife Norte e Recife Sul são instalados oficialmente

Mais um passo foi dado para a implantação dos vicariatos episcopais na Arquidiocese de Olinda e Recife. O arcebispo metropolitano presidiu na noite da quarta-feira, 6, a celebração eucarística de instalação dos Vicariatos Recife Norte e Recife Sul e de posse dos vigários episcopais. A solenidade foi realizada na Igreja Madre de Deus, no Recife Antigo.

Com a igreja repleta de fieis, o frei Joaquim Ferreira e o padre Sérgio Pereira foram empossados vigários episcopais do Recife Norte e Recife Sul, respectivamente. Dom Fernando relembrou a Assembleia Arquidiocesana de Pastoral realizada em fevereiro de 2010, no Centro de Convenções, na cidade de Olinda. A criação das microrregiões foi um dos frutos do encontro. “A tão esperada e planejada assembleia pastoral cumpriu um importante papel com a criação dos vicariatos. Não só os territoriais, mas também o específico para os religiosos. Foram várias reuniões até que chegamos ao ponto de pôr em prática o que foi projetado”, disse o arcebispo.
 

O Vicariato Recife sofreu algumas alterações devido ao grande número de  paróquias que formavam esta região. O território foi dividido em norte e sul para tornar o trabalho ainda mais eficaz. A porção administrada pelo frei Joaquim é formada por 35 paróquias. Já a parte dirigida pelo padre Sérgio, reúne 29.

A cerimônia teve início com a leitura do Decreto de Criação dos cinco vicariatos territoriais feita pelo chanceler da Cúria Metropolitana, padre Cícero Ferreira. O documento especifica quais paróquias pertencem a cada vicariato e os bairros e cidades que elas fazem parte. Foram lidos ainda a Provisão Canônica dos vigários episcopais e o Termo de Posse. Os vigários episcopais fizeram a profissão de fé e renovaram as promessas de fidelidade e obediência à Igreja Católica Apostólica Romana.

Após os ritos próprios para a ocasião, frei Joaquim Ferreira e padre Sérgio Pereira, discursaram oficialmente como novos vigários episcopais. Frei Joaquim iniciou recitando uma frase do arcebispo emérito de Olinda e Recife, dom Helder Camara e relembrando que a arquidiocese vive um momento celebrativo. “Esta noite se reveste de um brilho especial. Estamos no clima de celebrações pelo seu centenário e os nossos corações vão reascendendo a cada passo que é dado pelo compromisso e participação.” E destacou a importância do arcebispo nessa fase: “Dom Fernando trouxe o desejo de pulsar no coração de cada um, uma Igreja missionária e com um semblante alegre. Igreja que carrega o desafio da globalização, mas também traz consigo a esperança”.

Em suas palavras, padre Sérgio agradeceu a Deus e a Nossa Senhora, mãe dos sacerdotes; aos seus pais, amigos e paroquianos. “Agradeço a todos os que contribuíram com a minha formação sacerdotal, aos colegas de seminário e, hoje, irmãos no sacerdócio. Agradeço também ao povo de Araçoiaba, a minha primeira paróquia, meu primeiro amor. O mesmo carinho eu tenho por todos de Tejipió. Por onde eu passar levarei essa coragem e alegria que é o Evangelho”, revelou.

Os dois vigários partilharam o temor inicial em relação à responsabilidade da nova missão e pediram o apoio, a oração e a participação dos fieis. “São novos tempos e que juntos possamos fazer acontecer o Reino de Deus em nosso meio”, disse padre Sérgio.
A noite contava com uma inusitada quebra de protocolo. Frei Joaquim e padre Sérgio são de origem humilde. Seus pais eram agricultores e eles cresceram em cidades do interior. Para relembrar os tempos de infância marcada pela fé, os sacerdotes cantaram a música ‘De lá do interior’, composta pelo padre Zezinho. “Eu vim de lá do interior aonde a religião ainda é importante. Lá se alguém passa em frente da matriz, se benze e pensa em Deus e não sente vergonha de ter fé.” Os fieis cantaram junto na certeza de que o desafio de resgatar a fé e de estar ainda mais próximos do povo de Deus é um projeto que começa a ser posto em prática.

Instalação – Após a implantação do Vicariato Recife, será a vez dos demais vicariatos. A região episcopal de Vitória tem sua cerimônia de instalação marcada para o dia 13 de abril, às 19h30, na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, em Moreno. O vigário é o padre Maurício Diniz. Já o Vicariato Olinda, será implantado no dia 27, às 19h, na Igreja de Nossa Senhora do Ó, em Pau Amarelo, Paulista.

Religiosos – Para cuidar especificamente de assuntos ligados às congregações religiosas, dom Fernando anunciou a criação de um vicariato pessoal para os religiosos e para a vida consagrada. Foi escolhido para administrá-lo, o frei capuchinho Paulo Amâncio, que toma posse no dia 1º de maio, às 9h, na Catedral da Sé, em Olinda.

Decreto de Criação dos Vicariatos Episcopais da AOR

Fonte: Site da Arquidiocese de Olinda e Recife
Postado por Jessé Santos - PASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário