terça-feira, 24 de maio de 2011

Celebração do dia de Santa Rita de Cássia

No 5º Domingo da Pascoa a Capela de Santa Rita de Cássia, no Lot. Santa Rita, comemorou pela primeira vez o dia de sua padroeira, através de uma Liturgia presidida pelo futuro Diácono permanente, Lourenço.

A celebração teve início às 16h e foi animada pelos Rosarianos.

A comunidade está organizando a realização de um bingo em pról das obras da Capela. O evento está confirmado para o dia 19 de junho, às 14h, em frente a Capela de São Miguel Arcanjo, na COHAB-Matinha. As cartelas já estão à venda.

Informações de Alisson Conrado - PASCOM


Santa Rita de Cássia

Nasceu na Itália, em Cássia, no ano de 1380. Seu grande desejo era consagrar-se numa vida religiosa. Mas, segundo os costumes de seu tempo, ela foi entregue em matrimônio para Paulo Ferdinando.
Tiveram dois filhos, e ela como mãe buscou educá-los na fé e no amor. Porém, eles foram influenciados pelo pai, que antes de se casar se apresentava com uma boa índole, mas depois se mostrou fanfarrão, traidor, entregue aos vícios. E seus filhos o acompanharam.
Rita então, chorava, orava, intercedia e sempre dava bom exemplo.
Seu esposo acabou sendo assassinado. Não demorou muito, seus filhos também morreram.
Seu refúgio era Jesus Cristo. A santa de hoje viveu os impossíveis de sua vida se refugiando no Senhor.
Rita quis ser religiosa. Já era uma esposa santa, tornou-se uma viúva santa e depois uma religiosa.
Ela recebeu um estigma na testa, que a fez sofrer muito, devido a humilhação que sentia, pois cheirava mal e incomodava aos outros. E teve que viver resguardada.
Morreu com 76 anos, após uma dura enfermidade que a fez sofrer por 4 anos.
Hoje ela intercede pelos impossíveis de nossa vida.
Santa Rita de Cássia, rogai por nós!

Veja o video que explica a vida de Santa Rita no link abaixo:

Fonte: Canção Nova

Nenhum comentário:

Postar um comentário