quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Nomeação dos cerimoniários oficiais da Arquidiocese de Olinda e Recife

No dia , 6, Festa da Transfiguração do Senhor, foram nomeados oficialmente pelo arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife, dom Antônio Fernando Saburido, os cerimoniários episcopais. Essa função ficou ao encargo dos padres Augusto César Figueiroa de Arruda e Adriano José das Chagas, párocos de Nossa Senhora de Belém (Encruzilhada) e Nossa Senhora do Rosário (Boa Viagem), respectivamente.

O cerimoniário episcopal é responsável por organizar as cerimônias nas quais o arcebispo esteja presente. Com ordem e decoro, o cerimoniário deve procurar a nobre e simplicidade da liturgia romana que deve, antes de tudo, garantir o essencial, ou seja, a vivência do mistério que se está celebrando.

Os dois padres já têm ampla experiência com a missão que lhes fora confiada. O padre Adriano já atuou como cerimoniário do arcebispo emérito de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho. Já o padre Augusto César, exerceu a função de cura da catedral da diocese de Nazaré da Mata, além de cerimoniário do bispo emérito dom Jorge Tobias de Freitas.

A recente nomeação, conforme a vontade do arcebispo local, tem tempo indeterminado.

A cor violácea das vestes sempre foi utilizada na Igreja para indicar nobreza, realeza. Além dos bispos, a utilizavam todos os que compunham a sua corte. Atualmente, os mestres de canto e os cerimoniários episcopais ainda fazem uso da mesma.


Fonte: Site da AOR

Nenhum comentário:

Postar um comentário